05 abril 2015

ONG AMOR EM AÇÃO COM AULAS DE JIU-JITSU



Em novembro de 2014, o professor Gabriel Lucas, começou a dar aulas de Jiu-jitsu na sede da entidade. A aula inaugural com a presença do campeão mundial da categoria e foi muito bacana tê-lo aqui.
As aulas continuam em pleno desenvolvimento e agora com aulas para turmas em diversos horários. Esse projeto visa o desenvolvimento físico, com aulas e técnicas de Jiu-Jitsu, onde aprendem defesa pessoal e habilidades psicomotoras.Jiu-Jit





 Benefícios do Jiu Jitsu ao corpo
O Jiu Jitsu, que significa, arte suave é considerado a mais antiga das artes marciais.
Ele se originou na Índia (embora haja uma controvérsia sobre seu nascimento na China) em 2000 A.C. Atravessou as fronteiras da China e foi parar no Japão, onde cresceu e se desenvolveu consideravelmente.
O Jiu Jitsu foi trazido para o Brasil, através do mestre Mitsuo Maeda (conhecido como Conde Koma), Cônsul japonês no Pará e que o ensinou a família Gracie.

Benefícios do Jiu Jitsu ao corpo
–Diminui o stress
– Defesa pessoal tanto para homens quanto para mulheres
– Desinibe os tímidos e acalma os agitados e ansiosos
– Aumenta a auto-estima, auto-confiança e desenvolve o caráter, (esporte de conquista individual)
– Trabalha e define o corpo, como os braços, abdômem e quadril, tanto em homens quanto em mulheres
–Aumenta a resistência do organismo
–Acelera o metabolismo
–Melhora a capacidade cardiovascular e respiratória
–Aumenta a flexibilidade
–Aumenta a coordenação motora
– Aumenta os reflexos
Quem deve fazer?
– É indicado para quem procura um esporte que trabalhe simultaneamente o físico e o mental, costuma se dizer que o jiu-jitsu transforma garotinhos em homens de bem e bom caráter.
– É indicado para pessoas que tenham como objetivo aumentar a capacidade cardiovascular, evitando riscos futuros de problemas cardíacos ou respiratórios, pois exige bastante condição física do praticante, porem se atingem níveis avançados de condicionamento físico em etapas, qualquer pessoa pode atingir níveis avançados de condicionamento físico basta determinação.
– Crianças devem praticar o esporte, a idade mínima varia entre 5 á 8 anos. Ajuda no crescimento e desenvolvimento corporal, mental (disciplinar) e também é recreativo tornando-se uma diversão afastando os jovens das drogas, cigarros e bebidas, tendo em vista que os lutadores sempre são disciplinados com a alimentação e descanço.
Gasto calórico
– 750 Kcal/H, é o gasto normalmente de um praticante com alguma certa experiência, que consiga completar toda parte do aquecimento do jiu jitsu, podendo se aumentar a queima calórica através dos exercícios aeróbicos e anaeróbicos. Em aula mais avançada de jiu-jitsu pode-se perder até 1.500 Kcal/aula.
Período mínimo para sentir diferença do corpo
– O praticante começa a sentir diferença no corpo e nas condições de luta entre 4 á 6 meses de prática do esporte, com uma frequência mínima de três vezes por semana. Esse período pode ser diminuído se associado á uma boa alimentação, período mínimo de recuperação do corpo (músculos) e principalmente determinação do praticante. – Já em termos de eficiência de luta a habilidade individual, frequência e atenção podem fazer milagres, geralmente em 3 meses de jiu-jitsu um faixa branca já tem capacidade pra lutar com outros lutadores de qualquer nível. Isso se dá pelos objetivos buscados durante a luta o que varia de acordo com a graduação, são os recursos para se atingir esses objetivos.

Obs: O interessante no jiu-jitsu é que a maneira em que se luta torna imprevisível, nunca se sabe como uma luta vai acabar quando dois adversários estão se confrontando, é o verdadeiro xadrez de corpo por isso é praticado por pessoas célebres e inteligentes. “Jiu-jitsu não é violência nem covardia, é sobretudo EFICIÊNCIA, EQUILÍBRIO E TRANQUILIDADE”.